Prometido é Devido

Sei que muitas resoluções tomadas no Ano Novo podem estar tremidas ou em risco de ruir. Penso que isso advém da própria natureza da resolução. Todos os anos fazemos várias sabendo que algumas vão cair por terra. Talvez por isso haja quem faça uma dezena delas. Se no final de Fevereiro ainda estivermos a levar a cabo uma ou duas, gritamos "Vitória!"

E promessas? Pois, essas doseamos. Porque têm um vínculo moral? Porque têm uma conotação mais permanente? Religiosa talvez?

Escolha um aspecto que quer mudar ou melhorar e comprometa-se. Dê a conhecer essa sua promessa a alguém a quem tem em boa estima e consideração. Não, não vale partilhar com o cão ou o carteiro. Esses são complacentes. Torne a pública.

O pai do rock português, Rui Veloso, canta a letra de Carlos Tê:

Dessa vez tu não cumpriste
E faltaste ao prometido
Eu fiquei sentido e triste
Olha que isso não se faz

Como não quero leitores desapontados, vou cumprir a minha promessa feita a semana passada de transformar sabores tradicionais. Com o arroz carolino das nossas lezírias de Setúbal, especiarias do Médio Oriente e um cheirinho a chá inglês, sei que não os vou desiludir. Apresento-lhes um arroz doce mais contemporâneo.

As Promised

I know that some or most of the New Year´s Resolutions are probably shaking by now or even in risk of collapsing. I believe that happens due to the nature of a resolution in itself. Every year we make several knowing that some will fall to the ground. Maybe that is why some people make a dozen of them. If by the end of February we are still carrying out one or two, we cry out "Victory!"

And what about promises? True, those we measure out in small doses. Because they are morally binding? Because they hold a more permanent connotation? Perhaps a religious one?

Choose an aspect of your life that you wish to change or improve and commit to it. Spread the word to someone you hold in high esteem and consideration. No, the dog and the mailman don´t count. They are too complacent. Go public.

The father of portuguese rock, Rui Veloso, sings to the lyrics written by Carlos Tê:

This time you didn´t live up to it
And you failed to keep your promise
I was heartbroken and blue
Hey, you shouldn´t have

As I do not wish to have disappointed readers, I will keep the promise I made last week to refine traditional flavours. With the short grain rice from our Peninsula of Setúbal, spices from the Middle East and a scent of Earl Grey tea, I know I will not disappoint you. I propose a contemporary rice pudding.

Para 6 porções:

  1. Esmigalhe 8 grãos de cardamomo usando um pilão.
  2. Corte a vagem da baunilha no sentido longitudinal e raspe as sementes do interior.
  3. Ferva uma taça de água e faça chá Earl Grey usando uma saqueta e retirando a mesma depois de 5 minutos. 
  4. Num tacho aqueça o leite, as natas, a vagem e sementes da baunilha, os grãos de cardamomo e o chá até estar bem quente mas sem ferver.
  5. Coloque o arroz. Cozinhe o arroz em lume médio mexendo sempre. Deve demorar cerca de 20 minutos. É crucial que mexa o arroz para soltar o amido tornando a sobremesa mais rica e cremosa.
  6. Se o arroz ainda não estiver cozinhado e já estiver a ficar seco, coloque mais 50 ml de leite.
  7. Retire do lume sem secar de mais.
  8. Junte a manteiga e o leite condensado e misture bem.
  9. Divida por taças individuais.
  10. No momento de servir, junte raspa de lima, pistachios e pétalas de rosa comestíveis. Sirva com mel para cada pessoa juntar a gosto.

Serves 6

  1. Crush 8 cardamom pods using a pestle and mortar.
  2. Cut a vanilla pod lengthwise and scrape the seeds from the inside with a knife.
  3. Boil a cup of water and infuse an Earl Grey teabag for 5 minutes discarding the teabag after this time.
  4. In a pan heat the milk, cream, vanilla pod and seeds, the cardamom pods and tea until it is hot but not boiling.
  5. Add the rice. Cook the rice in a medium heat stirring for the full 20 minutes or until cooked. It is crucial to stir so that the rice releases the starch and the result is richer and creamer.
  6. If the rice is becoming too dry and is still not cooked, add an extra 50 ml of milk.
  7. Turn off the heat before the rice pudding dries out.
  8. Add the butter and condensed milk and mix well.
  9. Divide into separate bowls.
  10. When serving, add lime zest, crushed pistachios and edible rose petals. Serve alongside honey so each person can add to their liking.

Ingredientes

  • 200 g de arroz carolino
  • 800 ml de leite gordo
  • 200 ml de natas
  • 8 grãos de cardamomo
  • 1 vagem de baunilha
  • 2 colheres de sopa de chá Earl Grey
  • 4 colheres de sopa de leite condensado
  • 30 g de manteiga sem sal em cubos
  • Pistachios descascados e partidos
  • Pétalas de osa comestíveis
  • Mel

Ingredients

  • 200 g of short grain rice
  • 800 ml of full fat milk
  • 200 ml of full fat cream
  • 8 cardamom pods
  • 1 vanilla pod
  • 2 tbsp of Earl Grey tea
  • 4 tbsp of condensed milk
  • 30 g of unsalted butter, diced
  • Pistachios, crumbled
  • Edible rose petals
  • Honey